27 dezembro 2008

O olho que tudo vê!


Bem, me lembro que com a popularização da internet surgiram váriso rumores apocalípiticos sobre o controle mundial que o "anti-Cristo" teria sobre a humanidade. Foi nessa última década que os programas do tipo reality show também se popularizaram e percebemos que bisbilhotar a vida cotidiana de alguem é algo que dá muito ibope!!!


Mas, o tempo guardou uma supresa!!! Foi com o advento do youtube, aliado à produção em massa de celulares e cameras fotográficas com possibilidade de fazerem filmes digitais, que percebemos que a partir de agora o olho que tudo vê não pertece a um governo ou uma organização secreta malígna...kkk.....Hoje, os observadores e as testemunhas "oculares" (melhor dizer celulares) são pessoas simples que apenas estavam no lugar certo, na hora errada, mas com a possibilidade de registrar em imagens digitais o aocnteeimento.


Hoje, podemos ver o que acontece nos bastidores da policia do Rio de Janeiro, mas de fato, isso já acontece a mutios anos, contudo, agora, o olho que tudo vê está ai......kkkk.....quem diria que o apocalipse seria tão simples assim!!!


Com isso, percebo que a concepção de verdade vai sofrer mais uma vez um novo redirecionamento visto que a imagem vai nortear os valores. Creio que a partir de agora essa imagens serão usadas de várias formas como subsídio de verdade. Parece-me que os juizes terão que alem de ler os processos ( se é que fazem isso)....terão tbm que assitir o testemunho do "olho digital social"...Acho que acabei de criar um conceito...sim "Olho digital social". Isso vai mudar de forma sistemática o conto de um fato.


Bem, so um comentário sobre o asusnto.

4 comentários:

Yuri Steinhoff disse...

Cara, isso pode até fazer mudar a legislação!!
Hoje é ilegal usar de artificios como gravação de audio e/ou video , podendo rolar um processo contra e tudo mais... mas, cara, tem umas coisas que são muito evidentes e fica até malzz um juiz não aceitar tais provas (mesmo ilícitas)!!! tem q mudar a lei, pow... hj é facil gravar em audio/video, eh muito acessivel... de repente, algo acontece e esta tudo em suas maos... gravadinho em 5 megapixels...
cuidado! pode ter um megapixel de observando agora!!!kkk

Morfeu disse...

O problema é que o megapixel tem que ser contitucional...
Poxa um projeto de constitucionalização ( ufa) do Megapixel...

MEGAPIXEL CONTENDO, PARLAMENTAR COM CARRO OFICIAL DENTRO DO PROSTIBULO ( ANTICONSTITUCIONAL ELES TEM IMUNIDADE DIPLOMATICA):::::::

MEGAPIXEL DO CONTRIBUINTE MORRENDO NA PORTA DO HOSPITAL ( ANTICONSTITUCIONAL, O HOSPITAL SE RESERVA O DIREITO DE NÃO AUTORIZAR AS IMAGENS TORNANDO-AS ILEGAIS)

MEGAPIXEL MOSTRANDO DESLAVADA COMPRA DEVOTOS( PODE ATÉ USAR MAIS NUM VAI DAR EM NADA rsrsrs)

bom no fim , ainda que se torne prova, até ela se tornar comprovada prova e ser aceita pelo Juiz meu amigo.. SÃO MUUUUUIIIITOOOOS REAI$$$$$....Videos reais... exigindo muitos REAI$$$$$$....

O olho que tudo ve, vai acabar sendo imputado como coautor do crime, considerado incapaz de testemunhar, e a prova não vai ser atrelada aos autos rsrsrsrs.....



o olho que tudo ve ta ferrado, vai ficar com fama de olho que as vezes ve.... eta geraçãozinha perverssa....

Denis Cambalhota disse...

A falta de privacidade se agravou com a internet e seus serviços. Casos de hackers que roubam ou clonam informações de bancos são cada vez mais comum. Some-se a isso os blogs e fotoblogs, nos quais os internautas colocam fotos e relatos sem se dar conta do risco que correm. Há uma total falta de conhecimento sobre o que é privacidade. Todo mundo tem acesso à rede, mas ninguém sabe exatamente o que fazer com as informações.Foi o que aconteceu com o amigo de um dos filhos do presidente Lula, que colocou em seu blog fotos e comentários sobre sua estadia na Granja do Torto e seu convívio com a família presidencial. Ou do garoto americano, que filmou a si mesmo dançando e cantando uma música romena e foi visto por dois milhões de internautas.

mas quero deixar algo aqui para que reflitam

Todos nós estamos dispostos a perder nossa privacidade em nome da segurança. Casos como o que ocorreu em Sobral, no Ceará, onde um juiz matou com um tiro na nuca o segurança de um supermercado, incentivam a sociedade a aprovar essa invasão. Se não fosse a câmera que registrou toda a cena, seria a palavra de um caixa de supermercado contra a de um juiz.


Gostei tanto do tema que copiei o tema e escrevi um post sobre esse assunto.

joão pedro disse...

Isso é o panotipismo.