28 março 2015

O Hoje é tudo que temos

Faz muito tempo que não escrevo em meu Blog...  pretendo escrever mais a partir de agora...

Como é de conhecimento público estou morando em Portugal. Cada dia que passa gosto mais de morar aqui. Sim, existem os desafios inerentes a uma mudança de país: saudade, adaptação, novos ciclos sociais, novos amigos...  além é claro do sustento e cuidado com a família. Tudo isso conta muito...

em meio a tantos desafios, lembro-me de um conceito sobre passado e futuro. O conceito que me recordo é que, de fato, só temos o hoje. O Passado nada mais é que um amontoado de memórias que são acionadas toda vez que algo ou alguém que faz sentido histórico aparece em cena mental.  O passado não é uma entidade, um local e mesmo um ambiente. Ele existe somente como experiência sináptica. Seus vestígios, esses sim, estão ai disponíveis para serem lidos e relidos. Passado bom é passado lembrado.

Da mesma forma, a questão do futuro é outro conceito que sempre me instigou. Ele não passa de desejo. Exatamente isso, preparar o futuro é ordenar bem os desejos. Ele é tão incerto como a fragilidade da vida, e, ao mesmo tempo, tão visceral. Ele chega, gostemos ou não, e um dia se tornará o que de fato temos: o Hoje.

O fluxo então é simples: Temos desejos que em breve se tornarão memória, e isso se dá no que chamamos de hoje.

Só temos o Hoje pra experimentar a vida e a relação conflitante, prazerosa e dolorida do fluxo futuro-passado.

Quem souber viver HOJE bem....terá portanto um bom futuro e um ótimo passado.

Só um pensamento.

Gerson Freire
Cascais - Portugal

Um comentário:

marinho disse...

Boa sorte! E continue escrevendo!