27 março 2007

Um Barco à Deriva

Esse texto é do Gondim...muiiiiito bom e apresenta a realidade da fé evangélica com precisão...Quem tiver olhos pra ler, LEIA!!!!!!!



Barco à deriva


Fala-se muito hoje em dia numa nova Reforma na cristandade ocidental. Alguns acreditam que precisamos repensar a fé cristã porque o movimento evangélico, como um barco sem leme, vaga à deriva. Sou obrigado a concordar, pois sinto que:


• Perdeu-se o norte porque foi abandonada a mensagem da Graça. Se o início do evangelicalismo se deu na gratuidade do amor, voltou-se à lógica religiosa dos sacrifícios, das penitências – a espiritualidade é hoje exercida numa lógica retributiva.


• Perdeu-se o norte porque se adotou o modelo corporativo, gerencial, capitalista de administração eclesiástica. A igreja se condenou a operar com a mesma premissa do mercado. Os membros são tratados como clientes; a mensagem virou produto; a concorrência desumana não permite comunhão; o culto brilha como espetáculo; o pastor vestiu-se com os trajes de animador de auditório e, às vezes, fala como especialista em auto-ajuda.


• Perdeu-se o norte porque não se conseguiu produzir discípulos de Cristo, apenas consumidores da religião para os seus próprios fins. Egocentrismo e hedonismo compõem a receita dos discursos e da prática cristã. • Perdeu-se o norte porque a espiritualidade evangélica não se importa tanto em ser sal da terra; sem credibilidade para iluminar as trevas desastrosas em que a humanidade se meteu. O mundo sabe – muçulmanos e ateus - que o presidente americano mais irresponsável dos últimos 50 anos é um evangélico praticante.


• Perdeu-se o norte porque não se encontra mais o Astro de infinita grandeza nos palcos e púlpitos das igrejas. Com uma cristologia fraca, os evangélicos não apresentam o Jesus bíblico; eles se contentam com o "cristo" de suas fabricações idólatras.


Se mais profetas não se dispuserem denunciar as doenças internas da fé evangélica, logo o esforço dos antigos desbravadores se perderá. Precisa-se de mais vozes – as andorinhas que tentaram fazer o verão cansaram; é preciso revezar um pouco, antes que seja tarde demais.
Soli Deo Gloria

Um comentário:

rogerio disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggggghhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!